INTRABEAM®

O tratamento para o câncer de mama no Hospital Alemão Oswaldo Cruz conta com um equipamento inovador, utilizado para radioterapia intraoperatória (IOT), o INTRABEAM®. O Hospital é o primeiro do Estado de São Paulo e segundo no país a utilizar a tecnologia.

INTRABEAM®
O INTRABEAM® é indicado no tratamento de tumores da mama em fase inicial.

Diferentemente do procedimento convencional, a radioterapia intraoperatória é feita logo após a remoção do tumor, ainda durante a cirurgia.

O novo procedimento diminui os efeitos colaterais associados ao método convencional de radioterapia como fadiga, vermelhidão na região, sensibilidade ou alteração na cor da pele. Além disso, a técnica evita a irradiação de pulmão e coração.

Como funciona

O processo é realizado através de um acelerador linear miniaturizado com um feixe de fótons de baixa energia, e dura de 20 a 30 minutos. A aplicação da radioterapia, em dose única, se restringe à área afetada.

Outro diferencial do INTRABEAM® é a redução do tempo de tratamento, já que a paciente não precisará se deslocar várias vezes para as sessões de radioterapia e pode voltar à sua rotina mais rapidamente. Um tratamento convencional costuma ter entre 25 e 30 sessões.

INTRABEAM® trata de outros tipos de câncer como o cerebral e o de pele

Além do câncer de mama, o INTRABEAM® também oferece outras alternativas de uso. Funciona como um importante auxílio aos tratamentos da coluna cervical, a exemplo da cifoplastia ou vertebroplastia – realizados quando os ossos tornam-se fracos, em consequência de doenças como a osteoporose-, ou para ajudar a retirada de tumores na região. É recomendado também para tumores superficiais no cérebro e para variados tipos de câncer na pele, com exceção do melanoma, cuja agressividade requer a sua extração através de cirurgia.

Pelo fato de irradiar um alvo e deixar intacta a região ao redor, a tecnologia pode ser explorada ainda para cânceres gastrointestinais, do endométrio e tumores na boca, embora no Brasil, a grande utilização ainda seja exclusivamente aquela voltada para os tumores da mama – apenas para mulheres acima de 50 anos, e cujos nódulos tenham menos do que 2 cm.

Em termos de praticidade, o INTRABEAM® é superior aos métodos tradicionais, porque o equipamento é portátil e deve ser aplicado numa única dose, diminuindo a necessidade de um extenso tratamento de radioterapia. O procedimento é vantajoso porque não apresenta os possíveis efeitos colaterais associados ao método convencional tais como vermelhidão, sensibilidade ou alteração na cor da pele, fadiga, irradiação de pulmão e/ou coração, melhorando o resultado estético.